A importância de Desenvolver Pessoas

Desenvolver Pessoas é uma atitude fundamental em uma empresa. As pessoas têm um papel fundamental no sucesso da organização. Quando uma empresa entende e aposta neste valor, ela se destaca no mercado. Valorizar  pessoas, buscar maneiras para auxiliar no desenvolvimento mais profundo de seu trabalho é estratégia para trazer a sustentabilidade da organização.

Para que uma empresa seja considerada uma organização de excelência, deve fundamentar seus critérios nos princípios da gestão da qualidade: visão sistêmica, aprendizado organizacional, agilidade, inovação, liderança, visão de futuro, foco no cliente e no mercado, responsabilidade social, orientação para resultados e valorizar pessoas. Aquelas  organizações que garantem em média 80% dos itens citados destacam-se. Há empresas que deixam estes critérios importantes de lado, como por exemplo, desenvolver pessoas.

E é aí que grande parte das organizações perde e uma pequena parcela sai em disparada para estar cada vez mais próximo do resultado esperado; a excelência.

A não valorização do capital humano traz consequências negativas no desempenho de uma empresa, uma equipe motivada, reconhecida e constantemente capacitada gera um alto nível de performance ao negócio aplicado, que traz excelência na maneira como se busca atingir os objetivos e, dessa forma, todos saem ganhando. Para que isso ocorra com frequência, as empresas que não adotam essas práticas precisam criar formas e estratégias que visem o desenvolvimento e o reconhecimento das pessoas. Uma equipe motivada, empenhada e disposta é garantia de que as coisas serão feitas e, permitir que as pessoas participem das tarefas, que elas tenham a possibilidade em serem reconhecidas por sua capacidade de execução, agregam benefícios sem igual.

De maneira geral, é importante que as organizações garantam atividades bem estruturadas, com foco e dedicação, os funcionários se sentem parte quando são inseridos nas ações da empresa e valorizados por sua atuação. Como dica de uma boa gestão do capital humano, comecem a desenvolver modelos de reconhecimento estruturados com os próprios funcionários. Ouçam as reclamações, os elogios, se façam presente. São coisas simples e diretas que podem trazer diversos benefícios e garantir a empresa um boa visão do mercado por quem a vê de fora.

2 Comentários
  1. BRUNA DE OLIVEIRA POETA 14 de fevereiro de 2017 at 12:40 - Reply

    BOA TARDE MEU NOME É BRUNA DE OLIVEIRA POETA SOU FUNCIONARIA PUBLICA ESTIVE EM UMA DE SUAS LOJA
    NA RUA SAO BENEDITO EM SANTO AMARO E FIQUEI MUITO ASSUSTADA PELO PESSIMO ATENDIMENTO FUI ATENDIDA POR UMA SENHORA LOIRA ARROGANTE E SEM EDUACAÇÃO NA QUAL ME DEIXOU ESPERANDO E NAO SOUBE ME PASSAR SE TINHA UMA POSSIBILIDADE DE FAZER UM EMPRESTIMO E SEM PECIENCIA PERDIU PARA MIM VOLTAR OUTRO DIA ACABEI INDO EM OUTRA FINACEIRA NA MESMA ESQUINA NA QUAL FUI SUPER BEM ATENDIDA E COM RAPIDEZ JA FALARAM OS VALORES QUE TINHA PARA RETIRAR ESTOU FAZENDO ESSA RECLAMAÇAO POIS VCS ESTAO ERRANDO POIS CLIENTE TEM A RAZAO E DEVE SER BEM ATENDIDO EU MESMA NAO IREI NEM PROXIMO A ESSA EMPRESA POIS A GENTE ESTA PRECISANDO DE DINHEIRO E VAI SER PAGO POIS DESCONTA DO NOSSO PAGAMENTO NAO ESTAMOS PERDINDO NADA DE GRACA PARA SERMOS HUMILHADOS OU PASSA ALGUM TIPO DE HUMILHACAO OBRIGADA E DESCULPA O DESABAFO

    • Alba Valéria Oliveira 14 de fevereiro de 2017 at 16:34 - Reply

      Prezada Sra. Bruna, boa tarde,

      Lamentamos o ocorrido e estamos tomando providencias. Ressalto que este comportamento não é recorrente em nossas lojas e agradecemos seu retorno. Desta forma, podemos corrigir os desvios e melhorar o atendimento.

      Temos outra loja em São Paulo, em São Mateus. Em uma outra oportunidade gostaríamos de convidá-la a visitar outra loja e nos dar uma chance de mudar esta impressão.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.