Dicas para o consumidor enfrentar a Crise Financeira

Este ano começou marcado pela aceleração da inflação e pela incerteza sobre o cenário econômico no Brasil. Muitos perderam seus empregos e tantos estão endividados. Com contenção de gastos e o apoio familiar, é possível superar a crise financeira.

O passo mais importante para sair da crise financeira é manter a calma e enfrentar os fatos. É fundamental entender e aceitar o que está acontecendo, buscar possíveis soluções e a partir daí manter a disciplina.

Nós temos algumas sugestões que podem ser úteis:

1)     Calma e racionalidade para tomar decisões
Evite tomar decisões precipitadas e emocionais, especialmente relacionadas à tomada de crédito!

2)     Controle é o segredo
Um bom planejamento com todos os compromissos financeiros existentes listados, mesmo os pequenos gastos do dia a dia, é importante.

3)     Corte despesas
Evite o quanto puder o consumo de supérfluos. Centralize o dinheiro apenas no que for     essencial.

4)     Família

Esclarecer a atual situação econômica para sua família é fundamental. Tenha uma conversa franca em família e compartilhe com todos da casa a atual situação econômica. O apoio e a conscientização são fundamentais para encarar qualquer tipo de dificuldade que possam encontrar.

5)     Renda

Evite comprometer ainda mais a renda com financiamentos e parcelas longas. Com os juros mais altos, já está difícil de pagar todas as dívidas assumidas.

6)     Cartão de crédito

Cuidado com o cartão de crédito. Ao receber a fatura com as despesas já assumidas, faça o pagamento integral, evitando a utilização do crédito rotativo, que tem a taxa de juros mais alta do mercado.

7)     Cheque especial

Esta deve ser sua última alternativa para fechar as contas do mês por seu custo elevado. O cheque especial não pode ser um complemento do salário. Se precisar de dinheiro, procure outras possibilidades, como o crédito consignado que, entre as opções de empréstimo pessoal, possui uma das menores taxas de juros.

8)     Alimentos

Tente substituir o que você não encontra para comprar ou que está mais caro por um produto que esteja com melhores condições. Muitos supermercados escolhem um dia da semana para fazer promoções dos produtos de feira, fique atento.

9)     Economize

Guarde o quanto puder no dia a dia. Faça comparações e veja se é mais vantajoso fazer refeições dentro ou fora de casa, por exemplo. A mesma economia também deve valer para o consumo de água, luz e gás. A energia elétrica já está mais cara em todo o país. Reaproveite a água para utilizá-la na limpeza da casa. Desligar os aparelhos eletrônicos da tomada quando não estiver usando também ajuda a diminuir os gastos com energia.

10)  Inadimplência

Se já tiver caído na inadimplência, a orientação é renegociar a dívida, buscando prazos maiores e custos menores.Com pequenas mudanças na rotina é possível economizar e evitar comprometer a saúde financeira da família em um momento de dificuldade econômica vivido pelo país.

Quer saber quanto poderia pegar de Empréstimo Pessoal para trocar dívidas?

Vá até uma de nossas lojas e cote agora mesmo! A Empresta é Bem Melhor!

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.